5 dicas para não extrapolar na hora da festa

Ninguém quer se esquecer dos detalhes da melhor festa do ano, não é? Então saiba o que é a amnésia alcoólica e veja nossas dicas para não cometer excessos que podem te levar a esse erro

“Se eu não lembro, não fiz” – você já deve ter ouvido, ou quem sabe pronunciado, essa frase depois de uma noite de exageros com as bebidas alcoólicas. Pode parecer engraçado em um primeiro momento, mas os perigos que a piada esconde são grandes. E vamos ser sinceros: se a festa foi realmente boa você vai querer se lembrar dela, não é? Então, entenda quais exageros podem te levar à “amnésia alcoólica” e veja nossas dicas para não cair nessa cilada.

A primeira coisa a saber é que esse tipo de efeito está relacionado tanto à velocidade quanto à quantidade de doses ingeridas. Ao elevar muito rapidamente o volume de álcool no sangue, há uma inibição das funções de uma área do cérebro chamada hipocampo, onde se formam nossas memórias cotidianas. Os resultados podem ser o blecaute fragmentado, quando você se lembra de alguns momentos e se esquece de outros, ou total, quando não há registro de nada nas suas lembranças.

O maior problema é que, durante a noite, você não está registrando as memórias, mas as demais funções do seu organismo funcionam relativamente bem. Ou seja, você anda, dança, se comunica e parece agir normalmente. Assim, é difícil que as outras pessoas percebam que você precisa de ajuda. E você precisa: não está em condições de fazer bons julgamentos sobre o que deve ou não fazer.

A quantidade e a velocidade com que se bebe sem chegar a esse ponto varia de acordo com o organismo. Mulheres, por exemplo, tendem a ser mais suscetíveis por terem, em geral, peso corporal mais baixo e menor quantidade de água no sangue: assim, a concentração de álcool atinge níveis mais altos rapidamente. Apesar disso, algumas dicas importantes podem servir para todos se prevenirem:

1 – Beba água

Antes, durante e depois da festa. Intercalando as doses de bebidas alcoólicas com água, você não só evita processos de desidratação, como reduz a velocidade com a qual a concentração de álcool em seu organismo aumenta. E esse é um ponto chave para não acabar com uma amnésia alcoólica.

2 – Alimente-se bem

Essa dica é para antes do evento onde você vai beber. Evite sair de casa sem comer nada. Com o estômago cheio, a velocidade de absorção do álcool pelo seu organismo será mais lenta e você poderá aproveitar a noite e se lembrar dela no dia seguinte!

3 – Saiba a quantidade de álcool que está tomando

As bebidas têm diferentes concentrações de álcool e é importante saber quanto tem em cada dose. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), uma dose de bebida alcoólica contém entre 8 e 12g de álcool. Uma dose equivale a um copo de 330 ml de cerveja, uma taça de vinho de 100 ml ou uma dose de 30 ml de destilado. Independente de qual seja sua bebida preferida, nada de “vira, vira”, hein? Beba devagar, intercale com goles de água ou com uma boa conversa.

4 – Mantenha a moderação

Claro, não adianta beber devagar, mas muito, nem segurar em um dia e passar do limite no outro, né? A pesquisa “Excessos dos Brasileiros”, realizada pela plataforma este ano, indicou que 70% dos brasileiros comete esse tipo de erro. Para ter uma ideia, a OMS recomenda o máximo de 15 doses semanais a homens, enquanto mulheres não devem ultrapassar a marca de 10 doses no mesmo período. Além disso, é importante não consumir mais do que três doses diárias de bebidas alcoólicas no caso dos homens e duas doses para as mulheres. E tem mais! Todo mundo deve ter pelo menos dois dias semanais de completa abstinência. Lembre-se, é bem melhor curtir o momento sem excessos e batendo um papo com os amigos. Seja o exemplo de uma vida equilibrada e vai ver que pode influenciar positivamente os seus amigos.

5 – Saiba como ajudar seus amigos

Se alguém passar dos limites é importante saber ajudar, até pra evitar que essa pessoa cometa erros, como achar que está apta para dirigir. Já falamos que é difícil perceber os sinais de quem está em processo de amnésia alcoólica, mas não é impossível. Em geral, a pessoa tem dificuldade de manter o foco em uma conversa e se esquece do que estava falando no meio do diálogo. Se você notar que algum amigo está assim, não pense duas vezes: dê água e leve-o para casa.

Se você seguir essas dicas, vai se divertir e poder contar todos os casos sobre a festa para os seus amigos que não foram. Não é muito melhor assim?

Fontes: com informações da Organização Mundial de Saúde (OMS), portal do Instituto Nacional de Abuso do Álcool e de Alcoolismo dos EUA (NIAAA, na sigla em inglês) e do portal de notícias BBC.

Posts Relacionados

Inscreva-se