A cachaça e suas combinações

A cachaça, uma bebida que nasceu brasileira originalmente da produção de cana-de-açúcar, é um tipo de destilado que está cada vez mais presente em bares, restaurantes e lares. Segundo o Professor Jairo Martins, autor do livro “Cachaça, o mais brasileiro dos prazeres”, não existem registros precisos sobre a primeira destilaria de cachaça no Brasil, mas é possível afirmar que aconteceu entre os anos de 1516 e 1532, sendo, portanto, o primeiro destilado da América Latina. Hoje, existem 30 mil produtores e quatro mil marcas do produto no Brasil.

As variedades de cachaça vão desde a branca tradicional até a de reserva especial, a depender do tempo de envelhecimento em recipientes de madeira, que muda a cor, o aroma e o paladar da bebida. É considerada como ingrediente importante na gastronomia e tem um grande potencial de conquistar o mercado internacional. Aliás, as bebidas alcoólicas como um todo fazem parte dos estudos da gastronomia mundial, para compor a harmonização de pratos.

É possível apreciar a cachaça na forma pura, misturada com outros ingredientes para composição de drinks ou acompanhada de caldos, saladas, aperitivos, carnes, aves e peixes. Mauricio Maia, chef de cozinha e especialista em cachaças, explica que é possível fazer combinações com pratos leves até com os mais fortes, como a feijoada. O que vale é saber equilibrar sabores.

Harmonizar pratos e bebidas alcoólicas é um hábito comum. Torna-se ainda mais agradável quando cada sabor é apreciado, sem excessos.

Posts Relacionados

Inscreva-se