Conheça os alimentos que, em excesso, prejudicam sua ansiedade

Doces, massas, bebidas alcoólicas: tudo isso é uma delícia, né? Mas não se preocupe, você pode consumir esses alimentos e bebidas, só precisa evitar os excessos

Você é daqueles que, quando está ansioso, sai em busca de uma comida bem saborosa (e normalmente gordurosa ou açucarada) para aliviar? Então saiba que, se você fizer isso em excesso, estará dando um tiro no pé. É que certos alimentos podem até te dar algum prazer momentâneo, mas depois de um tempo vão contribuir para piorar sua angústia, depressão e ansiedade. Listamos para você alguns alimentos que induziriam esse efeito e que exigem moderação!

Café

Começamos a lista com ele que é provavelmente o que você vai procurar para lidar com a sua ansiedade caso tenha uma lista enorme de tarefas a cumprir. Sim, ele pode te ajudar a se manter mais atento e com mais energia porque estimula seu sistema nervoso central. O seu organismo, em seguida, ajusta seu metabolismo para acompanhar o novo ritmo. Se isso pode te ajudar em alguns casos, pode atrapalhar em outros.

Caso você exagere, esse mesmo processo pode levar a taquicardia, tremores, dores de cabeça, insônia, agitação mental e, claro, ansiedade. O recomendado é não ultrapassar 400 gramas diárias de cafeína, o que equivale a cerca de quatro xícaras. Parece pouco, né? Mas não se esqueça que vários outros alimentos contêm cafeína que deve entrar nessa conta, como refrigerantes, chocolates e até alguns chás.

Massas e doces

Os carboidratos e açúcares refinados garantem um bem-estar imediato ao estimular a produção de serotonina. O problema é que esse pico de prazer se esvai rapidamente e seu organismo envia sinais de que precisa demais. O resultado é mais ansiedade e uma necessidade grande de comer mais doces ou um grande prato de lasanha. E, se você ceder todas as vezes, pode acabar com alguns dos problemas que o excesso de doces causa, como obesidade e diabetes. Já falamos aqui sobre essa compulsão alimentar, confira as nossas dicas para não cair nessa armadilha.

Bebidas alcoólicas

Em excesso, as bebidas alcoólicas podem interferir no funcionamento do sistema nervoso central, responsável por processar as emoções. E aí ele acaba funcionando como um agente depressivo. Além disso, também aumentam os picos de açúcar no sangue – e esse já sabemos que devemos evitar. Então, conheça seus limites e tenha sempre em mente as recomendações da Organização Mundial de Saúde.

Ketchup

Ele e diversos molhos de saladas contém xarope de milho de alta frutose, cujo efeito é parecido com o do açúcar refinado, explicado acima. O problema é que seu teor de doce é ainda maior do que o do açúcar de cana! Assim, se você não quer piorar a sua ansiedade, seja moderado no uso desses condimentos.

Margarina

O problema aqui são os óleos hidrogenados, ou seja, gordura trans. Eles estão na margarina e em muitos outros alimentos ultraprocessados: é preciso ter cuidado com todos eles. Ao lado de muitos dos malefícios que estão associados a esses alimentos, estudos têm indicado que eles podem comprometer o fluxo sanguíneo: é isso que contribui para o aumento da ansiedade. Assim, prefira, sempre que possível, alimentos naturais.

O resumo é o mesmo de sempre: moderação. Não tem nenhum problema atacar um pedaço de pizza de vez ou quando ou comer alguns brigadeiros. Só não dá para ser muito e todo dia. Busque outras formas de controlar sua ansiedade, como exercícios físicos, e tenha uma vida saudável.

E você? O que tem vontade de comer quando está ansioso? Qual a sua dica para contornar o problema? Conte para nós.

Fontes: com informações dos portais UOL e G1.

 

Posts Relacionados

Inscreva-se