Brasil reduz em 10% o consumo de bebidas alcoólicas, segundo OMS

Novo relatório mostra redução no consumo per capta dos brasileiros. É um excelente sinal, mas ainda precisamos combater outros problemas ligados a excessos de bebidas alcoólicas. Acompanhe nossas dicas

O último relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS) traz uma boa notícia: houve queda no consumo per capta de álcool no Brasil (índice que leva em conta o porcentual de etanol nas bebidas alcoólicas). O país passou de 8,7 litros por ano (dado de 2010) para 7,8 litros em 2016. De acordo com o estudo, a redução mostra que cada brasileiro deixou de consumir, em média, uma dose de bebida alcoólica por semana.

A divulgação do relatório é parte das ações da OMS para estimular o consumo moderado e combater os mais de 200 tipos de doenças relacionadas ao uso excessivo de bebidas alcoólicas. A meta da organização é, até 2025, reduzir em 10% o consumo global de bebidas. De acordo com a pesquisa, o Brasil deu passos importantes rumo à meta, no entanto a média nacional ainda permanece acima dos índices mundiais que são 6,4 litros per capta.

Em análise do relatório da OMS para a Folha de S. Paulo, o professor do Departamento de Psiquiatria da USP e presidente do Centro de Informações sobre Saúde e Álcool (CISA), Arthur Guerra de Andrade, destacou a importância de ofertar boas práticas e pesquisas que sejam capazes de intensificar ações de prevenção ao consumo excessivo de bebidas alcoólicas.

Ele cita três hábitos nocivos que precisam ser combatidos. São eles: o consumo pesado ocasional (ingestão, em uma única ocasião, de mais de quatro doses para mulheres e cinco doses para homens); uso precoce de bebidas (é fundamental coibir o consumo de bebidas por menores de 18 anos, o que é proibido por lei); e a mistura de álcool e direção (dirigir veículos sob a influência de bebidas alcoólicas é totalmente inaceitável e também é proibido pela legislação).

Nós, do Sem Excesso, apoiamos fortemente as metas da OMS e seguimos com o objetivo de difundir informações sobre a importância de uma vida equilibrada e do consumo consciente. Você também quer mais bem-estar e saúde no seu dia a dia? Veja abaixo recomendações importantes e junte-se a nós!

Diga não ao consumo pesado ocasional

Para evitar problemas que afetem a saúde corpo e da sua mente, a Organização Mundial da Saúde destaca que as mulheres não devem passar de duas doses por dia e os homens devem ficar na marca de até três doses diárias (doses de 8 a 13 gramas de etanol). Outro ponto superimportante: reserve pelo menos dois dias de total abstinência por semana. Seguindo essas recomendações, temos a certeza que sua saúde agradece!

Não beba de barriga vazia

Alimentar-se bem é outro passo fundamental para te ajudar na meta do consumo moderado de bebidas alcoólicas. De barriga vazia, o álcool chega antes à corrente sanguínea, precipitando e potencializando seu efeito, o que não é legal. Sabe que a festa da turma terá drinks imperdíveis e você quer experimentar? Antes de sair de casa faça uma boa refeição incluindo massa, arroz ou pão integral, uma proteína de sua preferência (ovo ou carne), vegetais, um pouco de azeite e um suco de frutas. Assim seu corpo e sua cabeça estarão fortalecidos para você apreciar, com moderação, as receitas alcoólicas da galera sem ter efeitos indesejados no dia seguinte.

Água: sua grande aliada

Ela hidrata, ajuda no processamento das bebidas alcoólicas pelo fígado e no consumo equilibrado. Falar dos benefícios da água nunca é demais, não é? Por esses motivos, você não deve abrir mão de sua garrafinha de água, sobretudo quando for degustar um drink ou outro. Para diminuir os efeitos da intoxicação alcoólica no organismo, beba um copo de água a cada dose de bebida alcoólica. Esse é um cuidado fundamental para um consumo consciente e saudável!

E você, tem outras dicas para estimular o consumo sem excesso? Compartilhe sua experiência com a gente!

Fonte: jornal Folha de S. Paulo

Posts Relacionados

Inscreva-se