Cinco anos de Operação Lei Seca

O programa de fiscalização da Lei Seca tem contribuído para conscientizar a população sobre os efeitos de beber e dirigir.

A Operação Lei Seca – OLS, realizada em todo o Estado do Rio de Janeiro, completa em março de 2014 meia década de existência e se consolida como importante instrumento de combate à combinação do consumo de bebida alcoólica e direção. No ano passado, a média de motoristas alcoolizados flagrados nas blitze diminuiu 30% em comparação com os dados de 2012.

“É um número para comemorar, um indicativo da mudança de comportamento da sociedade fluminense, que é o grande objetivo da Operação Lei Seca. São cinco anos de conquista e de credibilidade junto à população”, festeja o coordenador da OLS, major Marco Andrade.

Lançada pela Secretaria de Governo, a operação – de caráter permanente – é uma campanha educativa e de fiscalização, e já foi realizada em 42 municípios fluminenses. Desde 2009 até a madrugada de 10 de março de 2014, mais 1,4 milhão de motoristas foram abordados, 276.024, multados; 1.248.041 testes com etilômetro, realizados; 10.125 condutores sofreram sanções administrativas e 3.466 receberam sanções criminais.

Atualmente, a OLS conta com a participação de 250 agentes servidores civis e PMs. Ao longo desses cinco anos, foram realizadas 751 palestras educativas e mais de 7,8 milhões de pessoas foram abordadas nas ruas pelos agentes de conscientização.

O sucesso do programa também já serviu de inspiração para o Brasil: 19 estados do país já enviaram comitivas ao Rio a fim de importar o modelo de gestão da OLS fluminense.

Para saber mais leia também: http://semexcesso.com.br/lei-seca-no-rio-de-janeiro/ e http://semexcesso.com.br/lei-seca-comportamento/

Posts Relacionados

Inscreva-se