Como você pode contribuir para um trânsito melhor?

O mês de maio chegou e com ele a campanha Maio Amarelo. Pensando nisso, listamos dicas para acabar com outro grande problema ligado ao trânsito: o estresse

Em um país que contabiliza um carro para cada 4,4 habitantes, congestionamentos estressantes e recordes de acidentes ao volante, é cada vez mais urgente reforçar o que muita gente esquece, principalmente nas rodovias: o respeito ao outro. É por isso que a campanha Maio Amarelo deste ano quer dar um foco especial às pessoas, conscientizando-as que além da infinidade de carros, barulho e poluição, o trânsito é feito por alguém como você.

Com o tema “Nós somos o trânsito”, a iniciativa internacional, criada na Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU), está em sua quinta edição e ocorre simultaneamente em 26 países. O objetivo é alertar sobre a importância de um trânsito mais seguro para todos, seja você um motorista, pedestre, ciclista ou motociclista. No Brasil, o Maio Amarelo promove ações de conscientização que incluem publicidade em grandes veículos, blitz educativas e distribuição de materiais com boas práticas ao volante. A iniciativa é realizada por entidades públicas e privadas em parceria com órgãos de trânsito de todos os estados brasileiros.

Segundo relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil é o quinto país do mundo em mortes no trânsito e as principais causas dos acidentes são falta de atenção (30,8%) e alta velocidade (21,9%). Problemas muitas vezes relacionados ao excesso de estresse no trânsito, o que gera irritabilidade e atitudes impulsivas. Mas a boa notícia é que dá para evitar esses problemas com atitudes simples. Pensando nisso, listamos cinco práticas que vão te ajudar a combater o estresse no trânsito e ficar mais atento ao próximo.

Saia com antecedência

Antecipar alguns minutos a saída de casa ou do trabalho ajuda a diminuir a expectativa e tensão com o horário a cumprir. Sair em cima da hora ou com o tempo contado gera mais estresse e intolerância com qualquer imprevisto que surja no caminho.

Respire fundo

Pode parecer clichê, mas nada melhor que respirar fundo para se acalmar em uma situação de estresse. Dê uma pequena pausa, inspire e solte o ar lentamente. Essa é uma boa maneira de fazer com que você desista de uma atitude impulsiva como brigar, acelerar ou buzinar.

Ouça música

Não importa o estilo, escolha uma playlist divertida e dê o play assim que entrar no carro. Além de estimular a concentração, a música ajuda a criar uma atmosfera mais agradável e prazerosa.

Dê carona a um amigo

Pode ser o colega de trabalho ou o vizinho. Ter alguém a bordo é bom por vários motivos. Um bate-papo sempre ajuda a relaxar, a companhia de alguém dá mais segurança e você ainda contribui para ter menos carro nas ruas.

Se for beber, deixe o carro em casa

Já falamos aqui que bebida alcoólica e direção NUNCA podem andar juntas porque combinadas alteram os reflexos e a capacidade de reação. E tem outro ponto: preocupar-se com as consequências de dirigir sob o efeito de bebidas alcoólicas pode prejudicar sua performance ao volante. Então eleja um amigo para motorista da rodada ou busque outro tipo de transporte para ter um caminho tranquilo.

 

Tem alguma dica para evitar o estresse no trânsito? Compartilhe com a gente!

Fonte: portal Maio Amarelo e Metro Jornal

 

Posts Relacionados

Inscreva-se