Excesso a dois: saiba como evitar

O Dia dos Namorados está chegando e você quer que seja só mais uma das datas que ainda vai comemorar com seu amor? Então fique de olho em certos exageros. Bebidas alcoólicas, uso de tecnologias e muitas críticas: em excesso, tudo isso pode se tornar um problema

Parece que foi ontem, mas lá se vão três anos que vocês se conheceram. O friozinho na barriga foi substituído pela sensação de segurança, e como namorados, a euforia dos primeiros encontros deu lugar a um sentimento gostoso de cumplicidade. A cada dia, vocês passam mais tempo juntos, o que é ótimo para a intimidade. Por outro lado, alguns conflitos têm sido inevitáveis e você quer, a todo custo, evitar discussões desnecessárias. O problema é não saber por onde começar.

Se enxergou nessa descrição? Não se preocupe! Aproveitamos a chegada do Dia dos Namorados para fazer uma lista com dicas simples e poderosas para você ficar super bem com o seu amor. Como todo mundo sabe, viver em eterna harmonia é quase impossível, mas evitando alguns excessos é possível curtir uma relação plena e cheia de afeto com a pessoa que você escolheu para ficar ao seu lado. Acompanhe:

Criticar em excesso não é legal

Em uma sociedade repleta de cobranças, tendemos a valorizar o erro. Mas será que todo comportamento ou pensamento diferente do seu é mesmo errado e merece uma crítica? Evite criticar toda hora e sempre que possível faça uma autorreflexão sobre suas atitudes. Entender que pontos de vista e comportamentos divergentes podem ser positivos é o primeiro passo para aceitar a pessoa como ela é!

Exagerar nas bebidas alcoólicas é sinônimo de problema

Você exagerou nos copos e bastou um pequeno incômodo para despertar uma briga homérica. Já presenciou ou viveu uma situação dessas? Pois saiba que muitas vezes o consumo excessivo de bebidas alcoólicas pode estimular reações impulsivas, ansiedade, nervosismo exagerado, insegurança e até desconfiança. Não tem problema curtir a noite com o seu amor tomando bebidas alcoólicas, desde que seja um consumo consciente (veja aqui as recomendações de consumo). O problema é exagerar na dose a acordar com uma tremenda ressaca moral.

Deixe de lado a mania de bisbilhotar mensagens

O celular apitou e você correu para ver o que era. Isso não seria nada demais, se fosse o seu telefone. Segure a curiosidade e evite ficar de olho nas ligações, mensagens e directs do outro. Esse hábito pode gerar um sentimento tóxico de desconfiança, além de alimentar o desejo de controle da vida social alheia. As pessoas precisam ter o próprio espaço e bisbilhotar a intimidade dele ou dela não é legal em hipótese alguma. Surgiu alguma dúvida? Pergunte com sinceridade. Essa é a melhor maneira de fortalecer a transparência entre o casal.

Falar demais e escutar de menos

Saber ouvir é uma das melhores habilidades da vida. Mesmo que a outra pessoa não se expresse muito bem, faça um exercício e tente entender o ponto de vista do outro antes de emitir sua opinião. Às vezes a ansiedade atrapalha nossa capacidade de paciência e atenção e falando mais do que deveríamos.

Ficar conectado o tempo todo

O feed do Instagram está tão incrível que o fim de semana passou voando e você mal deu atenção ao seu love. Já viveu essa situação? Várias vezes? Fique atento para não passar mais tempo com seu celular do que com ele ou ela e assim causar uma situação incômoda para os dois.

Queremos ouvir você! Tem alguma experiência legal? Compartilhe com a gente!

 

Posts Relacionados

Inscreva-se