Mercado de trabalho em 2019: o que fazer para garantir seu lugar?

Além das habilidades técnicas, investir em comportamentos-chave é fundamental para se diferenciar no mercado de trabalho.

Foi-se o tempo em que o conhecimento técnico ditava as regras na hora da contratação. Hoje, para garantir uma vaga ou galgar postos elevados na empresa é preciso olhar para dentro e associar sua especialidade a um diferencial cada vez mais exigido no mercado de trabalho: as habilidades comportamentais. Conhecidas também como “soft skills”, essas competências têm sido cada vez mais valorizadas por diversas áreas de atuação e reinam na lista de tendências para 2019.

O que a bebida alcoólica tem com isso? Tudo! Prezar por uma vida equilibrada e sem excessos é fundamental para dar sustentação aos seus planos profissionais e pessoais. Não vale fazer de tudo para garantir a posição dos sonhos no trabalho e descontar em uma alimentação desregrada, dormindo pouco ou consumindo bebidas alcoólicas com exagero, né? Neste vídeo falamos mais sobre isso.

De acordo com especialistas em recursos humanos, a busca por profissionais com habilidades comportamentais aumentou por que esse tipo de capacidade é bem mais difícil de ser ensinada do que os conhecimentos técnicos. Ou seja, essa é a hora de desenvolver suas soft skills e conquistar uma nova oportunidade no próximo ano, que prevê, inclusive, aumento de vagas. Segundo a consultoria Deloitte, 97% dos empresários pretendem expandir seus negócios; e 47% deles afirmam que farão novas contratações. O estudo foi feito com 826 empresas que atuam no Brasil.

Já que as perspectivas do mercado de trabalho são favoráveis, prepare-se para potencializar suas habilidades, pensando em somar aos resultados da empresa, e assim garantir seu lugar ao sol. Seja você um estagiário, trainee, profissional já contratado ou estudante em busca de uma oportunidade de emprego. Listamos cinco dos principais comportamentos procurados pelas empresas. Acompanhe:

Lidar bem com situações adversas

Manter a serenidade e o raciocínio diante de mudanças de última hora ou conflitos é um diferencial e tanto. Como você já deve saber, nem tudo sai como o planejado. Conhecida como resiliência, essa habilidade é fundamental para conduzir uma situação de crise com confiança e sem desanimar.

Foco em desenvolvimento e abertura a mudanças

Com hábitos, produtos e serviços mudando cada vez mais rápido, há sempre uma apreensão em torno do futuro. Mas encarar isso de um jeito positivo, aceitar desafios e se desenvolver continuamente para se adaptar é muito importante para evitar que as tarefas sejam feitas no “piloto automático”.

Comunicar-se com empatia

Mais do que se expressar de maneira assertiva, se comunicar bem é saber ouvir e compreender o outro. E isso vale para seus colegas de time, chefias e, claro, clientes. Se colocar no lugar do outro é um passo essencial para a comunicação gerar empatia, ser eficaz e contribuir para os objetivos do negócio.

Comprometimento e entusiasmo

Zona de conforto não tem vez na rotina de um profissional comprometido e entusiasmado. Pessoas com esse perfil executam de bom grado as suas tarefas, mas sempre querem ir além. São proativos e estão em busca novas responsabilidades para somar aos resultados da empresa.

Ter a motivação do dono

Abraçar o negócio como se fosse seu ou, ser intraempreendedor, é uma das habilidades comportamentais mais valorizadas. As pessoas que conseguem agir como intraempreendedoras têm comprometimento e responsabilidade extra, mas também mais satisfação com os resultados.

Fonte: com informações da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH) e Deloitte Consultoria.

Posts Relacionados

Inscreva-se