Chegou a hora de desengavetar seus planos

Quer mudar sua rotina? Não espere a virada do ano para realizar seus planos. O segundo semestre está aí para você dar início àquela velha ideia de ter hábitos mais saudáveis

 Domingo, 19 horas. O fim de semana está acabando e o que ficou foi a sensação desconfortável de que você não fez nada do que tinha planejado. Não houve ânimo para a caminhada, a ida à feirinha de orgânicos foi mais uma vez adiada e a pilha de livros não lidos está cada dia maior. Na última semana não foi muito diferente, aliás, você não ficaria surpreso se esse também fosse o resumo do mês passado.

Mas, convenhamos, não dá mais para recorrer à velha ladainha de que o tempo está passando rápido demais. Você sabe disso e já se propôs a mudar. Que tal pensar que um novo semestre acaba de começar e com ele outra chance de colocar em prática os planos engavetados? E aquela ideia de convidar o bff para assumirem esse desafio juntos? Certamente vai dar um gás extra para os dois. Só ele te conhece tão bem a ponto de ajudar a fazer uma lista de resoluções que você dará conta de realizar. E para reforçar o time, nós, do Sem Excesso, garimpamos dicas sensacionais para vocês levarem o plano de mudanças adiante. Vamos lá!

Tudo começa com um bom planejamento

Organização: Essa é a palavra de ordem para uma mudança bem estruturada. Segundo a Sociedade Brasileira de Coaching, é fundamental refletir, olhando para dentro de você. Para te ajudar nesta tarefa de autoconhecimento, os especialistas aconselham pensar com foco em três etapas:

Propósito: Algo maior, de longo prazo, um alicerce que te impulsiona a fazer o seu melhor. Pergunte-se sobre o sentido das coisas ao seu redor. Para que quero isso ou aquilo? As respostas serão uma espécie de guarda-chuva que vão ajudar a traçar seus objetivos e a metas.

Objetivo: Aquilo que você deseja realizar em curto prazo. Mudar de emprego, abrir um negócio, comprar um carro, emagrecer, ter uma vida mais equilibrada são alguns exemplos.

Metas: São as ações práticas que você vai traçar para alcançar os objetivos. Também de curto prazo, elas devem envolver data e escolha da periodicidade (uma meta por dia, por semana etc). Exemplo: acordar 20 minutos mais cedo todos os dias, escolher apenas um dia da semana para comer pizza.

Depois dessa reflexão, faça uma lista baseada nas três etapas acima, lembrando-se de criar uma rotina com metas viáveis para sua realidade. Não se esqueça de estabelecer um prazo para todas elas e ao final avalie o que deu certo e o que pode ser melhorado.

Compartilhe seu planejamento com o amigo

Depois de criar seu planejamento (uma etapa de reflexão pessoal), é super importante não guardar seus planos só para você. Convide o bff para uma conversa e divida seus planos com ele. Assim você terá com quem trocar ideias sobre as mudanças, seja nos momentos de dificuldade ou para celebrar as conquistas.

Esteja disposto a abrir mão de certas coisas

Para que a mudança seja eficaz, é necessário estar disposto a fazer renúncias. Mas não pense nisso como uma coisa negativa. No início será desconfortável, principalmente se você estiver habituado a excessos. Mas logo essa sensação de privação vai passar e dará lugar a um sentimento leve de missão cumprida. O resultado final será tão positivo que você vai se orgulhar.

Acredite: em excesso, nada te faz bem

Se você tem mais de 18 anos, você pode se questionar: ah, mas fico tão feliz no dia que não tenho hora para acordar e posso passar a noite inteira em baladas experimentando todo tipo de bebida alcoólica. Ledo engano. As noitadas cheias de excesso, passar horas demais na cama, na frente da TV ou optando pela facilidade das comidas industrializadas, são apenas prazeres momentâneos. São alegrias fugazes que cobram bastante no dia seguinte. Ressaca, indisposição, dor de cabeça, intestino e estômago ruins são apenas alguns dos sintomas mais frequentes.

A longo prazo, esses hábitos podem trazer problemas bem mais graves de saúde, então a melhor escolha é evitar os exageros, ok? Não precisa abrir mão de curtir uma festa, ou de se jogar na frente da TV e pedir um delivery gorduroso. O importante é que tudo seja feito sem excesso. Escolha um dia da semana para esse tipo de programa, mas não perca o foco da sua proposta inicial: o equilíbrio. Para isso, planeje algumas horas para essas atividades e vá diminuindo ao longo das semanas.

Comemore

Cada etapa conquistada merece sim uma comemoração. O prazer de celebrar te dará mais força para continuar a cumprir suas metas e, quem sabe, para começar outras novas. Convide o bff e, porque não, outros amigos. Será uma forma de inspirá-los a fazerem mudanças também. Se o brinde for indispensável, aqui vão algumas dicas da Organização Mundial da Saúde sobre quantidade de doses alcoólicas que não vão prejudicar seu bem-estar.

Já colocou velhos planos em prática e está colhendo bons frutos? Ou está tentando fazer isso ainda? Compartilhe sua experiência com a gente!

FONTE: com informações da Sociedade Brasileira de Coaching (SBCoaching) e Portal Terra

Posts Relacionados

Inscreva-se