Saúde entre amigos

Conheça nossas dicas para transformar seus momentos com amigos em oportunidades para todos vocês terem uma vida mais equilibrada e sem excessos

Eles te fazem rir quando você está triste e brindam com você pelas suas conquistas. Nem seria necessário que cientistas provassem a importância dos amigos em sua vida, mas eles fizeram mesmo assim. Várias pesquisas já demonstraram que ter pessoas em quem confiar é essencial para uma vida saudável. Um trabalho realizado na Universidade da Carolina do Norte, por exemplo, demonstrou que as relações sociais são tão importantes quanto atividades físicas e alimentação equilibrada. Ou seja, ter amigos já é um privilégio. Agora imagina se você puder retribuir? Uma grande contribuição para melhorar a vida da sua turma seria ajudá-la a evitar excessos e, assim, a viver melhor. Te mostramos que é fácil e pode ser divertido, acompanhe!

No estudo realizado na Carolina do Norte, os cientistas fizeram uma revisão de pesquisas sobre amizade e concluíram que ela é importante de diferentes formas ao longo da vida. Na adolescência, protege contra a obesidade e reduz o risco de inflamações – exatamente como atividades físicas. Já na velhice, diminui as chances de problemas como hipertensão – como faz uma dieta equilibrada. Na fase adulta, o círculo social é essencial especialmente para apoiar em momentos decisivos e, assim, evitar estresse e todas as doenças a ele associadas. Mas dá para melhorar e transformar os momentos de confraternização em oportunidades para uma vida mais saudável para todos. Como? É só seguir nossas dicas.

Quem chegar por último é mulher do padre

 Que tal incluir em seus programas juntos algumas atividades físicas? Já pensou, por exemplo, em saírem mais para dançar? Vocês podem se divertir inventando novos passos de dança ou ensinando um estilo novo uns para os outros. Ninguém sabe dançar? Pronto: aí está uma boa oportunidade para começarem uma aula juntos e arrasarem nas pistas. Pode ser dança de salão ou hip-hop, o importante é que todos se divirtam.

Ok, essa não é a sua praia. Então que tal montar um time para praticar esporte? Pode ser futebol ou vôlei, queimada ou rouba bandeira, tanto faz. Como incentivo, vocês podem desafiar outros grupos, montar competições, fazer um ranking dos melhores jogadores. Aproveitem para promover outros encontros divertidos onde vocês decidirão o nome do time, a cor da camisa, o slogan do campeonato. Também não é a sua? Então que tal fazer uma lista dos lugares mais bonitos no entorno da sua cidade e convidar os amigos para caminhadas nesses locais nos fins de semana?

As opções são muitas. É só pensar em qual atividade física combina mais com a sua turma e usá-la para unir vocês ainda mais. Só não pode exagerar para não correr o risco de acabar o dia no hospital com a algum amigo lesionado. Até exercícios, em excesso, podem ser prejudiciais.

O que é aquele pontinho verde no canto da sala?

 Rir é um bom remédio para o cansaço e as preocupações do dia a dia. E, claro, seus amigos sempre ajudam nessa missão. Já pensou, então, em promover uma noite de gargalhadas com sessões de stand up comedy? Cada um terá seu tempo de palco para mostrar seu talento – e quanto menos talento, mais engraçado isso será. Sabe o pontinho verde? É uma ervilha de castigo! Confessa: você deu um sorrisinho, né?

Também pode ser uma noite de karaokê. Pense em uma playlist brega e a noite vai ser tão divertida quanto seria a de piadas. Mas se seu círculo social faz mais o estilo culto, pode também ser um encontro literário. Cada um recita sua poesia ou lê sua crônica. O que não pode faltar aqui é motivo para um encontro leve, onde os problemas ficam do lado de fora e não entram nem na conversa. Só relaxe com seus amigos e saia revigorado.

Claro que as gargalhadas podem merecer alguns brindes. Mas não se esqueça: bebidas alcoólicas só com moderação. É mais fácil exagerar quando estamos em turma, então fique de olho e não deixe seus amigos passarem dos limites para a noite não acabar mal para ninguém.

Masterchef: vocês podem conhecer um

 Comer é um dos prazeres da vida. Que tal então dividir isso com os amigos? Uma boa ideia é revezar quem será o chef. A cada semana, um de vocês recebe a turma para mostrar seus dotes culinários. Para melhorar o desafio, uma ideia é colocar algumas regras para as receitas. Sem excesso de frituras, por exemplo. Assim, vocês ainda descobrirão que é possível comer bem sem prejudicar a saúde.

Para acompanhar, a harmonização do prato com alguma bebida alcoólica que não costuma tomar sempre é uma boa pedida. Lembrando que é importante degustarem com alegria, mas sem excesso, ok?

E você? Tem dicas de programas saudáveis para fazer com a turma? Compartilhe com a gente.

Fontes: Portal do PNAS (Procedings of the National Academy of Science of the United States of America), Revista Super Interessante, Revista Saúde!

 

 

Posts Relacionados

Inscreva-se