Suplementos nutricionais e consumo de bebidas alcoólicas

É preciso ter critérios e bom senso na hora de consumir os dois.

Uma dúvida comum nos consultórios é se o consumo de bebidas alcoólicas atrapalha ou faz mal quando a pessoa faz uso de suplementos nutricionais. Desde que consumidos em momentos distintos, de acordo com os especialistas, não há evidências científicas de que o efeito proposto por esses produtos seja prejudicado pela ingestão de bebidas alcoólicas.

O médico do esporte e presidente da Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte (SBMEE), doutor Jomar Souza alerta que “os efeitos nocivos dessas substâncias [suplementos] são potencializados quando usadas em conjunto com bebidas alcoólicas”.

O Dr. Jomar ainda orienta que “anabolizantes e aceleradores metabólicos (termogênicos) nunca devem ser usados como suplementos. Somente as proteínas, e mesmo assim, sob orientação médica ou de um nutricionista. Quanto às bebidas alcoólicas, devem ser ingeridas com moderação em eventos sociais e nunca com exercícios e/ou eventos esportivos”.

A adoção de suplementação nutricional é cada vez mais comum para melhorar o desempenho esportivo e atende também àquelas pessoas que buscam saúde com níveis melhores de nutrientes faltantes na alimentação. O Ministério da Saúde considera suplemento produtos que não ultrapassam 100% da ingestão alimentar recomendada para determinado nutriente. Acima disso, ele se torna um medicamento.

Por questões de segurança à saúde, antes de usar qualquer suplementação, há de ser feita uma avaliação, ter acompanhamento médico e seguir uma alimentação elaborada por um nutricionista. O trabalho conjunto dos especialistas é o mais indicado e coerente. São eles que, por meio de exames laboratoriais, irão saber o que o corpo precisa para funcionar bem, as quantidades e onde encontrar. Um suplemento jamais deve ser usado de forma indiscriminada.

Posts Relacionados

Inscreva-se